terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Crise Império Romano

O Império Romano e a crise geral [séculos III ao V]





· Fim das guerras civis.
· Pax Romana.
· Fim das conquistas territoriais.
· Auge do escravismo.
· Estagnação econômica.
· Migração para as cidades.
· Perseguição aos cristãos.






· Excessivos gastos militares.
· Aumento dos impostos.
· Inflação.
· Crise do escravismo.
· Declínio da produção.
· Ruralização / Colonato.
· Expansão do cristianismo.

· 313 - Edito de Milão.
· 325 - Concílio de Nicéia.*
· 330 - Mudança da capital:
Constantinopla.
· 392 - Edito de Tessalônica.
· 395 - Divisão do Império:
Oriental e Ocidental.


Intensificação:
· revoltas, guerras civis.
· migrações e invasões dos povos germânicos.
· 450 - Campanha contra
Átila, o huno.
· 476 - Fim do Império
Romano Ocidental.

Novos Reinos Germânicos.







* Primeiro Concílio de Nicéia [325] – conferência dos bispos cristãos [orientais e ocidentais] que definiu alguns princípios fundamentais da doutrina. Recebeu apoio e auxílio do Imperador romano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário